Soneto de Sororidade

Mulher na Literatura – Camiseta da marca Poeme-se

Durante a infância que vivi,
se tivesse-me havido mais união,
ou até mesmo mais opinião,
Hoje reconheço o quanto sobrevivi.

Mas, de nem tudo me foi negado,
minha infância foi moldada de amor,
repleta de carinho, incentivo e calor,
E por isso aqui estou para deixar o meu legado.

Cresci com tanta falta de sororidade,
alienada à diversas questões,
nas quais precisei buscar aprender,

veracidades a respeito da diversidade;
Oh, que mudança! Lhe digo que ao aceitar sugestões,
De mim floresceu a mais bela cumplicidade.

(Carla Magalhães)





Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s