Luto

Te perdi para sempre,
Mas nunca te tive comigo.
Inteiramente, você nunca se entregou.
Integralmente, você não se aprofundou.
Verdadeiramente, você nunca me amou.

Foi raso o que vivemos,
Mas foi profundo.
Como pode existir tanto paradoxo em uma só pessoa, em uma só situação?

A conexão nunca foi estabelecida,
Mas o elo foi rompido no momento que o respeito mútuo acabou.

A perda dupla,
O acabar de uma história,
Os flertes desencontrados.
Tudo mostra como nunca éramos para acontecer.
Mas acontecemos.
Infelizmente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s